STALKING: Depoimento de vítima derruba diretor da Polícia Civil e Revela a atuação dos algozes

Depoimento de vítima por perseguição, parte do trio amoroso, revela os bastidores da vingança de algozes e condução do Núcleo de Investigação e Controle Externo da Atividade Policial (Ncap) nos depoimentos.

 

 

Por Mino Pedrosa

 

A história rocambolesca envolvendo o ex-diretor da Polícia Civil Robson Cândido e dois amores, teve sabor de vingança e um tempero avassalador de paixão. A vingança foi servida na bandeja para o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

O site fatosonline.com.br teve acesso com exclusividade a documentos do inquérito denunciado pelo MPDFT que cuminou com a prisão de Robson Cândido, denunciado por stalking pela amante Jéssica Pinheiro de Lima, que no primeiro momento contou com a aliada Keila Regina Lacerda esposa de Cândido.

Jéssica Pinheiro, uma advogada inteligente se relacionou com o então diretor da polícia civil que lhe presenteava com PIX de alto valor como ajuda, por esta desempregada e sozinha em Brasília.

Robson emplacou a amante no Metrô do Distrito Federal e de acordo com documentos que Fatos Online teve acesso, Jéssica também goza da intimidade de outros figurões, como Beto Simonetti Presidente Nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), e muito conhecido também pelas camareiras do hotel cinco estrelas Royal Tulip em Brasília.

Jéssica se aconselhou com Beto se realmente deveria denunciar Robson, o encontro que durou horas foi no hotel Royal Tulip.

“A reportagem procurou o presidente da OAB que negou veementemente e atribuiu a ataques de adversários da política na OAB”

Gravações com depoimentos de Jéssica Pinheiro ao MPDFT revelam a atuação dos algozes de Robson induzindo as vítimas a fazer as denuncias usando meios nada ortodoxos.

Jéssica Pinheiro

VINGANÇA

O também delegado é ex-distrital, Fernado Fernandes, emplacou no Metrô-DF, o irmão Rodrigo Fernandes, assessor especial, que convive com Jéssica no ambiente de trabalho e fez a ponte entre Jéssica e o irmão Fernando, que sempre esperou a oportunidade da vingança, dizendo que era perseguido pelo diretor. Fernando Fernandes era também conhecido por Jéssica que ouvia de Robson o grau de desafeto, o delegado Fernandes foi gravado há cerca de três anos difamando Keila Lacerda com palavras de baixo calão, a gravação foi postada no site QUIIDNOVI levando ao conhecimento do então diretor Robson Cândido. A partir de então, Fernando Fernandes passou a ser o algoz de Robson, que segundo o ex-diretor nunca perseguiu o colega.

Fernado Fernandes e Ibaneis Rocha

Outro que também é considerado rival é o delegado de Polícia Civil Laércio de Carvalho.

Após várias idas e vindas, Robson Cândido decidiu por fim no seu casamento e tentar reatar com Jéssica Pinheiro que vivia um romance como amante. Keila Lacerda, esposa de Cândido, insistiu na permanência do marido na casa, mas Robson disse que apesar de gostar muito dela, iria tentar reatar com a amante e para isso foi convencido deixar a casa e alugar um apartamento para garantir que estava separado definitivamente da esposa, Keila então ameaçou destruir a vida de Robson e procurou ajuda do delegado Laércio de Carvalho, inimigo do diretor.

Laércio então convenceu Keila a chamar a amante para denunciar Robson na Justiça. Keila ligou para Jéssica e disse que estava com o advogado “Paulo” a caminho da delegacia para fazer uma denúncia contra o entao diretor da PCDF, Robson Cândido. Diante disso, a amante então falou com o tal advogado e se dispôs a denunciar apoiando Keila. O advogado Paulo, na verdade, era o delegado Laércio de Carvalho, algoz de Robson que ao telefone convenceu Jéssica a denunciar na Delegacia da Mulher DEAM.

Laércio, a esposa e Keila foram até a residência de Jéssica e juntos foram a delegacia. Jéssica já conhecia de nome o delegado Laércio e achou estranho ele ter se passado por Paulo, mas mesmo assim insistiu na denúncia, dali, Laércio foi ao corregedor denunciar Cândido já sem a presença de Keila. Na presença do corregedor Laércio forçou Jéssica a denunciar não só a perseguição, como também crimes de corrupção.

Laércio de Carvalho e esposa

A amante se recusou, pois disse não ter conhecimento de corrupção praticada por Robson e o corregedor teve que conter Laércio ameaçando por falsa denúncia. A esposa de Robson arrependida retirou a denúncia contra o marido e disse ter sido usada por Laércio que tinha intensão de vingança, os depoimentos da amante Jéssica, gravado em vídeo, narra passo-a-passo do relacionamento que manteve com Robson Cândido, formando um trio amoroso, disse também que sofreu perseguição, mas que intende que Robson estava apaixonado, mas temia que Robson fizesse alguma maldade com ela após o fim do relacionamento.

Jéssica, após tomar conhecimento que Keila havia retirado a denúncia, também manifestou a intenção de retirar a denúncia que havia feito no Ministério Público de Águas Claras, com a promotora Ana Carolina. A promotora pediu para Jéssica ir à sede do MPDFT e procurar o Núcleo de Investigação e Controle Externo da Atividade Policial (Ncap) para retirar a denúncia. Lá foi convencia por três promotores a dar continuidade a denúncia, conduzindo passo-a-passo, o seu depoimento, ouça trechos e a íntegra dos vídeos durante o depoimento.

 

Tags

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram