PMDF investiga suspeita de artefato explosivo na Embaixada da Rússia

Denúncia anônima indicava que o suposto explosivo estaria em um túnel de acesso à Embaixada

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) atendeu, na tarde desta segunda-feira (8), uma ocorrência de suspeita de bomba na Embaixada da Rússia, situada na Avenida das Nações, em Brasília. Após uma investigação minuciosa, nenhum artefato explosivo foi encontrado.

Segundo informações preliminares da PMDF, a denúncia anônima indicava que o suposto explosivo estaria em um túnel de acesso à Embaixada. A operação, denominada Operação Petardo, foi iniciada após um alerta do segurança da Embaixada.

A denúncia foi feita por uma pessoa que se identificou como ucraniana e falava em russo, alegando que duas toneladas de explosivos haviam sido colocadas em um túnel sob a embaixada.

O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) realizou uma varredura completa na parte externa da embaixada. Em seguida, com o apoio da Polícia Federal (PF), do Batalhão de Policiamento com Cães (BPCães) e do Patrulhamento Tático Móvel (PATAMO), foi conduzida uma busca interna. Após mais de duas horas de buscas, os agentes não encontraram qualquer sinal de explosivos.

A situação foi normalizada e a área foi declarada segura pelas autoridades. A PMDF continua monitorando o local para garantir a segurança da Embaixada e de seus funcionários.

Tags

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram