Brasil tem 6,1 milhões de casos e 4,2 mil mortes por dengue no 1º semestre

Em termos de incidência por estado, o Distrito Federal lidera com um coeficiente de 9.626 casos por 100 mil habitantes

No primeiro semestre de 2024, o Brasil enfrentou uma epidemia de dengue, com vários estados em situação de emergência devido à crise sanitária. No período, foram registrados um total de 6.159.160 casos prováveis da doença e 4.250 mortes confirmadas, conforme os dados do painel de arboviroses do Ministério da Saúde. Além disso, há ainda 2.730 óbitos em investigação.

Os números foram divulgados nesta segunda-feira (dia 1º). Segundo o levantamento, mais da metade dos casos prováveis de dengue ocorreram entre mulheres, o que representou 54,8% do total, enquanto 45,2% afetaram homens.

A faixa etária mais atingida foi a de 20 a 29 anos, seguida pelas faixas de 30 a 39 anos e de 40 a 49 anos, evidenciando uma distribuição desigual da doença entre diferentes grupos etários.

Em termos de incidência por estado, o Distrito Federal lidera com um coeficiente de 9.626 casos por 100 mil habitantes, seguido por Minas Gerais (8.035), Paraná (5.478), Santa Catarina (4.607) e São Paulo (4.301). São Paulo também se destaca em números absolutos, com 1,9 milhão de casos registrados, seguido por Minas Gerais (1,6 milhão), Paraná (626,8 mil), Santa Catarina (350,6 mil) e Goiás (301,5 mil).

Tags

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram